22
Set
07

Bioshock

Ao longo dos anos da indústria lúdica aprendemos excelentes lições. A última que assimilámos é que um projecto ignorado inicialmente, consegue tornar-se afinal, numa verdadeira obra de arte. BioShock é exactamente esse caso. Tem tudo aquilo que Doom 3 queria oferecer e mantém toda a essência e terror do clássico System Shock 2. Resumindo, estamos perante um dos melhores FPS dos últimos anos, desde Half-Life 2. Com Crysis, Call of Duty 4 e Medal of Honor:Airborne a chegar, este ano promete ter uma das melhores colheitas do género que há memória.
Mas voltemos um pouco atrás, às causas que tornam este BioShock tão especial, mas ao mesmo tempo algo ignorado. A Irrational Games, adquirida recentemente pela 2K Games (gerando duas divisões – 2K Games Boston e 2K Games Australia) foi a autora do jogo de culto System Shock 2. Na altura do seu lançamento o jogo foi incrivelmente elogiado pela imprensa, como um dos títulos mais assustadores e envolventes de sempre. Apesar disso, o jogo não vendeu. Toda a gente sabe que a Electronic Arts não aposta em sequelas de jogos que não rendem e Ken Levine, a mente por trás da produtora não conseguiu uma segunda oportunidade.

Durante o período que separa o lançamento de SS2 e BioShock, a empresa ganhou mais maturidade e reputação, com a produção da divertida série Freedom Force, além da excelente recuperação de Tribes (Vengeance) e SWAT 4. Apesar dos pergaminhos, a editora não conseguiu os direitos do nome do seu melhor título, SS2, nas mãos da EA. Mesmo assim, a Irrational avançou com BioShock, a sua sequela espiritual. E que sábia decisão!

Antes de adiantar o ambiente e história deste fabuloso FPS, com muitos elementos de terror e liberdade de enfrentar os perigos, nunca é demais mencionar que BioShock poderia ter tido outro destino. O projecto inicial colocava os jogadores numa ilha, onde supostamente operava um laboratório secreto nazi, onde eram feitas experiências genéricas. Felizmente o projecto levou outro rumo e somos apresentados a Rapture…

 

… uma cidade utópica submersa no AtlânticoA introdução é breve mas rapidamente somos apresentados a um mundo horripilante, que ironicamente era suposto ser o lar das maiores mentes criativas do mundo. O jogo situa-se no ano de 1960 e o jogador é Jack, o único sobrevivente de um acidente aéreo em pleno Atlântico. Rodeado de chamas e destroços do avião, a personagem dá conta de uma gigantesca torre, uma espécie de farol. O seu instinto leva-o rapidamente a entrar e pedir ajuda, mas aquilo que encontra é uma cidade parada no tempo, submersa.

Rapture é uma cidade utópica, criada em meados dos anos 40 pelo industrial Andrew Ryan. A cidade era auto-suficiente, produzindo comida, electricidade, e com purificação de água. Recriando o estilo art deco da época, o seu grande objectivo era acomodar as mentes brilhantes e incompreendidas do mundo exterior, qual Noé e a sua Arca, podendo dar azo às suas criações artísticas, cientificas, longe da censura e preconceito da humanidade. A sociedade desenvolveu-se e Rapture tornou-se grandiosa, até à descoberta de uma substância gerada por organismos do fundo do mar. Estas geravam umas células especiais, às quais deram o nome de ADAM, capazes de transmutar o corpo humano, melhorando as suas capacidades físicas e mentais, além de regenerar e curar rapidamente. Com a evolução das pesquisas, o ADAM foi usado para conferir modificações genéticas, denominadas de plasmids, concedendo poderes especiais aos injectados com o soro EVE.

A entrada de ADAM na sociedade causou confrontos, incessante busca de poder e ganância em subir na pirâmide da sociedade. Rapidamente se instalou uma guerra, muito devido ao abuso do consumo da poderosa substância, levando a população a enlouquecer.

 Download demo:  http://www.g4mers.com/download.aspx?file=1681 (nacional)


0 Responses to “Bioshock”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: